Acesse agora
Conecte-se. uma rede social para encontrar e oferecer ajuda.

RUA para Grupos

A troca de aprendizados e conhecimentos tanto entre os participantes quanto com facilitadores cria um vínculo que enriquece o processo.

Seguindo a nossa essência Ubuntu, acreditamos nas inúmeras vantagens do processo de aprendizagem coletiva. O RUA para Grupos é um programa que ajuda a clarear o propósito pessoal, baseado em talentos e valores para mapear caminhos que sigam nesta direção, dando mais sentindo para nossa trajetória. É o que chamamos de EUpreendedorismo: olhar para nós mesmos e nos empreender da melhor maneira, colocando nossos talentos e valores no que fazemos com mais clareza do que queremos (propósito).

É direcionado para jovens de alma e de espírito, de todas as idades. 

Para saber ainda mais, confira entrevista de Edu Seidenthal, fundador e membro da Rede Ubuntu.  Ele explica porque o RUA é o primeiro passo do caminho rumo ao seu propósito.  Clique aqui.

O RUA para Grupos acontece durante um semestre. No primeiro semestre de 2017, será realizado e acontece nas seguintes localidades: 

 
 SAIBA MAIS SOBRE O RUA CAMPINAS AQUI
 
SAIBA MAIS SOBRE O RUA GRANJA VIANA AQUI

SAIBA MAIS SOBRE O RUA CURITIBA  AQUI

SAIBA MAIS SOBRE O RUA VILA MADALENA AQUI. 

 
Ainda tem dúvidas sobre o RUA, confira aqui um 'ping pong' com o fundador da Rede Ubuntu

Depoimentos

“O que você quer ser quando crescer??? Quem nunca ouviu esta pergunda que era rapidamente respondida: bombeiro,balairina, professora, não sei... Hoje poucos cumpriram a resposta e provavelmente nem saberiam verdadeiramente responder. No que você é bom? O que te motiva? O que você quer fazer? São perguntas aparentemente simples que que muitas vezes não sabemos responder. Que esta tudo lá, basta olhar é fato. Mas as vezes não é tão fácil enxergar, organizar. O RUA ajuda a detectar, organizar e deixar mais claro estas coisas. Facilitando o processo de saber no que somos bons, para onde queremos ir e como. Não traz as respostas mas sim o jeito de obtê-las. Não faz o percurso mas nos indica como construir o mapa. O nosso mapa que é pessoal e intransferível. O mapa que vai nos levar de encontro ao nosso propósito que é simplesmente chegar onde queremos usando o que temos de melhor. Fazendo isto temos nossas maiores chances de sermos bons no que fazemos. E mais que isto, sermos felizes com isto”.