Acesse agora
Conecte-se. uma rede social para encontrar e oferecer ajuda.

anne rammi

Artista Plástica de formação descobriu depois de um intenso (e ainda em curso) processo de re-significação da vida - disparado por duas coisinhas lindas chamadas Joaquim e Tomás - seus talentos para mobilização de pessoas através da internet. Autora de blogs de conteúdo materno, co-criadora do Site Mamatraca e colunista do portal UOL, descobre dia a dia novas formas de se comunicar através das palavras, imagens e canções. Curiosa e multi-focada, participa da Rede Ubuntu contribuindo com os conteúdos digitais dos programas e registrando a história da rede, com o propósito de inspirar cada vez mais pessoas, assim como a si própria, a buscar dias mais e mais felizes. Quando não está na frente dos computadores, pilota seus pincéis e tintas, brinca com os filhos, está aprendendo a cozinhar comidas saudáveis e gosta muito de cantar.

Últimos textos deste autor

Acelerando Propósitos em Coletivo

Em março de 2014 a Rede Ubuntu estreia mais um programa que promete sucesso - a Aceleradora de Propósito para Grupos. Depois de muitos atendimentos individuais, de empreendedores (e EUpreendedores) buscando motivação, apoio e orientação para tirar seus negócios da gaveta percebemos que também dentro de um grupo, o trabalho de catalisação de projetos pode ter resultados maravilhosos.

projeto piloto da Aceleradora de Propósito Coletiva nos comprovou a premissa, mais uma vez, de que juntos somos mais fortes. Em um grande encontro com os EUpreendedores que participaram individualmente do programa, novas conexões foram feitas. Trocas preciosas de experiências e aflições, problemas resolvidos e esperanças, além de processos práticos para a manutenção de qualquer negócio, dicas de fornecedores, indicações de parceiros e afins.

 

Aceleradora é um programa que dá sequência à nossa formação em EUpreendedorismo, oferecendo apoio técnico e comportamental no desenvolvimento de empreendimentos e projetos diretamente relacionados com o seu propósito. É uma oportunidade de transformar o plano “B” em plano “A”,  ou mesmo de tirar o “plano A” do papel, contando com toda a experiência em EUpreendedorismo da Rede Ubuntu. E agora, com a possibilidade de articulação coletiva e em rede.

É indicado para EUpreendedores em fases distintas de desenvolvimento de seus projetos. Há encontros para aqueles que estão SEMEANDO suas ideias, para aqueles que já estão acompanhando sua GERMINAÇÃO, ou seja o nascimento de seus negócios e também para aqueles que estão CULTIVANDO  e fortalecendo seus empreendimentos.

Veja aqui como a Rede Ubuntu enxerga o processo de EUpreendedorismo através da Metáfora do Jardineiro!

 

 

A Aceleradora de Propósito Coletiva está com as inscrições abertas!! 

Quando? Início em 18 de março
Onde? Rua Medeiros de Albuquerque 95, sala 5 São Paulo - SP
Quanto? de R$ 390 a R$ 750 / mês (um intervalo de valores onde VOCÊ determina o quanto pode e quer pagar, entre em contato conosco!)
Como faço para participar? preencha a ficha de inscrição clicando nesse link e receba mais informações sobre os encontros!

 

Anne Rammi

Artista Plástica de Formação, comunicadora por vocação, cantora nas horas vagas e mãe em tempo integral. É produtora de conteúdo e aprendiz de Eupreendedora na Rede Ubuntu.

Jovens Talentos: imensa sabedoria

O RUA - Rede Ubuntu de Aprendizagem - é o programa criado pela Rede Ubuntu para que coletiva ou individualmente, os participantes façam um inventário de suas vidas, busquem seus propósitos, achem suas competências e comecem a traçar novos caminhos para o sucesso e bem estar. É o primeiro estágio do processo de EUpreendedorismo.

 

Da parceria da Rede Ubuntu com o Programa Jovens Talentos da Natura, nasceu o RUAS - um grupo especialmente criado dentro da organização para atender os Aprendizes do projeto Semear. Daí o "S" no final, nossas poderosas sementes. Você já viu alguns testemunhos inspirados de participantes desses programas aqui e aqui

Ao final de um determinado processo, em uma folha de avaliação, uma das partcipantes nos surpreendeu com a seguinte citação: "Um barco está seguro no porto, mas não foi construído para isso."

Pedimos que Samara nos contasse um pouco mais sobre esse pensamento, e seu relato é a prova viva do propósito que norteia a própria Rede: todo mundo é igualmente importante, todo mundo tem em si a sabedoria necessária para alcançar seus objetivos. 

 

*** Por Samara Rosa - aprendiz do programa Semear***

 

À pedido do Edu, venho falar sobre minha reflexão ao citar esta frase em uma folha de avaliação de treinamento na Natura, em um dos encontros do RUAS com os aprendizes. Acredito que não tinha hora melhor para falar sobre isso, pois estou em uma fase de descobertas, onde solto as amarras do meu barco e parto para receber as surpresas e oportunidades que virão.

No ultimo encontro em busca do meu propósito, percebi que a minha zona de conforto nem é tão confortável assim. Quando começamos descobrir nossos propósitos passamos a ver além do horizonte, temos vontade de ir longe ...

Geralmente nessa época de fim de ano é que reflito nas coisas que eu gostaria de fazer e não fiz, aí talvez por força do hábito crio a tal da lista de desejos, promessas para executar no novo ano ... e nunca executo.

Sair do porto seguro é difícil, mas quando parei para pensar em como a vida é pequena, tive medo de deixar o tempo passar sem que e aproveitasse o máximo. E assim veio a motivação. 

Saber aproveitar o máximo, resumindo, é viver de forma ordenada com seus propósitos, paixões e talentos que no meu caso, é valorizar as coisas mais simples primeiramente.

Tendo isso, o extraordinårio vem.

 

 

 

Anne Rammi

Artista Plástica de Formação, comunicadora por vocação, cantora nas horas vagas e mãe em tempo integral. É produtora de conteúdo e aprendiz de Eupreendedora na Rede Ubuntu.

Propósito em Ação

Mais um inspirado depoimento de um jovem talento, trabalhando em parceria com a Rede Ubuntu, o programa Semear da Natura e colocando em prática aquilo que acredita. Parabéns querida Rafaela, sua atuação é um orgulho para nós, com desejos de que seus projetos de vida sejam sempre regados pela felicidade que você transmite!

 

 

*** Por Rafaela Costa - Aprendiz do programa Semear da Natura ***

 

 

No último mês eu senti a maior euforia que consegui lembrar em toda a minha vida. Foi tesão puro ver o meu propósito enfim virando algo concreto, enfim saindo do papel e virando ação. Ir até  130 crianças carentes e levar pra elas uma festinha de Natal, dar a elas a chance de tirar fotos com o Papai Noel, de ganhar presentes e de passarem um sábado apenas sendo crianças foi o melhor presente de Natal que EU pude ganhar.

Eu e mais um grupo de 18 aprendizes e mais 5 amigos nossos, estivemos no Gêneses, um centro de convivência para crianças de 0 a 13 anos, localizado no Bairro do Jaraguá. Foi sensacional!! Chegamos lá e fomos super bem recebidos, as crianças falavam com a gente com um brilho no olhar e cada gesto era significativo para elas, cada abraço era interminável, cada beijo caloroso. Mais do que levar a elas presentes, elas me trouxeram de novo a consciência do quanto é maravilhoso viver, não importa o quanto a gente tenha uma vida complicada, cada pequeno gesto faz a diferença. É engraçado o nosso grupo de voluntários ter o nome de Jovens Transformadores, porque eu sinto que a transformação maior foi em nós, no que acreditamos e em como queremos viver essa vida.

Foram quase dois meses correndo atrás de colaboradores da Natura que quisessem apadrinhar as crianças e comprar roupas, calçados e brinquedos, correndo atrás de roupas de natal, transporte e comida para todos. Foram dois meses que eu abdiquei das minhas tardes, de algumas horas de sono, de alguns fins de semana  para que tudo corresse bem e mesmo passando por alguns imprevistos, cometendo alguns erros, o sentimento de que valeu à pena é maior do que tudo. Eu já perdi as contas das lágrimas que derramei ao olhar as fotos, os videos e lembrar desse dia especial, mas são lágrimas de gratidão, de amor e principalmente de alivio, porque finalmente eu me sinto uma luz, porque finalmente eu sinto que estou fazendo parte do inicio de algo que será muito maior, que irá tocar muitas outras vidas, que irá significar esperança pra muito mais gente.

Eu quero um dia que todos percebam a importância de ajudarmos uns aos outros e não esperar apenas do governo politicas públicas que melhorem a qualidade de vida, mas usar nossos talentos para dar a mão a quem precisa, mesmo que essa mão seja apenas de carinho, de ouvir, de acolher. Cada abraço que eu ganhei foi combustível pra muito mais ações, pra me sentir renovada, pra sentir que não importa o que aconteça, cada um de nós é abençoado pela dom da vida e que esta não vale a pena se for vivida pra nós mesmos. A vida ganha sentido quando a gente passa a viver com o outro, pelo bem comum. A pureza daquelas crianças me fez ver que é possível mudar o que acontece a nossa volta, baste ser sincero, basta vir do coração

Eu sou porque nós somos! Ubuntu!

 

Anne Rammi

Artista Plástica de Formação, comunicadora por vocação, cantora nas horas vagas e mãe em tempo integral. É produtora de conteúdo e aprendiz de Eupreendedora na Rede Ubuntu.

Natura, Ubuntu e os Jovens Talentosos!

Desde 2011 a Rede Ubuntu mantém uma parceria cheia de frutos com a Natura - no programa SEMEAR - um projeto da Natura que capacita Jovens Aprendizes.

Ali, através de um trabalho focado em desenvolver talentos nos jovens aprendizes, onde a Rede se insere com sua expertise em desenvovimento humano em organizações, mas ligado ao propósito individual de cada pessoa, acompanhamos histórias maravilhosas, vindas de gente na mais tenra idade. Independente da bagagem ou experiência, gente que já se mostra disposta a se conhecer, reconhecer o entorno, trabalhar em equipe e encontrar seus caminhos. E por que não, criá-los.

É um grande orgulho para a Rede Ubuntu fazer parte desse projeto. É maravilhoso sentir que fazemos diferença na vida das pessoas. Assim, fica aqui um registro espontâneo de um dos partocipantes, contando com entusiasmo uma breve história de EUpreendedorismo antes, durante e depois de participar do Semear, em parceria com Natura e Rede Ubuntu.

Fotos: Iara Leite

 

***Por Igor Esteves - Aprendiz do Programa Semear***

 

Vamos lá a uma pequena parte de uma grande historia.

Enquanto eu era jovem aprendiz natura e estudava no SENAI, eu olhava os professores e ficava maluco vendo eles ministrarem as aulas. E comecei a sonhar em dar aula no SENAI, e com os encontros da Ubuntu, nós éramos estimulados a sair da zona de conforto, tornar o sonho tangível e correr atrás dele. Vocês ensinaram muito bem!

Eu comecei a correr atrás do meu sonho, no ano de 2011 o SENAI organizou uma competição estadual na qual o melhor aluno, representaria a escola em que estudava em uma olimpíada de conhecimentos. Eu fui escolhido para representar a escola em que eu estudava, na época eu tive pouquíssimo tempo para me preparar para a olimpíada do conhecimento, por volta de 3 meses. Mas graças a DEUS fui muito bem fiquei em 6° lugar em todo o estado de São Paulo.

Isso já me tornou conhecido na escola e já começaram a me olhar de uma maneira diferente. Eu percebi, e foi daí em diante que eu pensei comigo e disse - É agora o momento que eu tenho que me esforçar mais ainda e desenvolver o melhor trabalho possível. Meu sonho era ser instrutor técnico do SENAI, e isso é um tanto difícil, é necessário ter o ensino técnico completo, estar cursando superior, ter no mínimo 5 anos de experiência na indústria. Isso era impossível na época.

Mas até que um dia eu tive uma brilhante ideia, pensei já que eu não posso dar aula ainda, então vou conversar lá na escola para ir até lá e auxiliar algum professor, assistir as aulas e ir aprendendo, auxiliar nos laboratórios. Com interesse somente no aprendizado. Para todos que eu dizia o que eu queria fazer, não havia sequer uma pessoa que me apoiasse, isso me deixou com medo.  E muitos diziam você é muito jovem ainda, tem apenas 19 anos, você acha que eles vão te dar oportunidade?

Até que um certo dia eu criei coragem e liguei para o coordenador da escola, e marquei um dia para ir até lá conversar com ele. Este dia chegou, eu fui e apresentei a ele minha ideia de ir até a escola e aprender como ministrar aulas e auxiliar nos laboratórios. Ele se apaixonou pela minha ideia, me deu livre acesso a escola inteira. Comecei a frequentar a escola e assistir aulas de todos os professores que lá trabalham. Quando se passou 4 meses ele me chamou para conversar e me disse: Eu tenho um MEGA DESAFIO para você, vou te dar a oportunidade de dar aula.

Ele me deu a chance de ministrar os cursos de automação industrial. No mesmo dia em que sai de lá, já comecei a planejar e montar minhas aulas. No ano de 2013 tive a oportunidade de ministrar no segundo semestre os cursos como prestador de serviços para o SENAI. Ganhei muita experiência, o que era impossível se tornou possível. Mesmo eu não tendo nenhum requisito para dar aula.

Neste ano de 2014 estou prestes a se tornar instrutor técnico efetivo do SENAI.
Graças a DEUS meu sonho foi realizado e está indo além do que eu esperava.

Anne Rammi

Artista Plástica de Formação, comunicadora por vocação, cantora nas horas vagas e mãe em tempo integral. É produtora de conteúdo e aprendiz de Eupreendedora na Rede Ubuntu.

Como ser 2014

*** Texto original em inglês publicado em Integralife / tradução livre ***

A frescura do ano novo está em nós. Que mundo você criará esse ano? Como você será 2014? Se essas perguntas parecem estranhas é somente porque nós estamos acostumados a pensar em nós mesmos como algo separado dos efeitos que queremos ou dos tempos em que vivemos. Estamos acostumados a pensar no mundo como "lá fora", um lugar onde lutamos contra para atingir nossos objetivos. Ou pensar no ano como um pote, onde despejamos resoluções e esperamos que consigamos mantê-las.

Mas coloque de lado o pensamento comum por um minuto e imagine que você não é fragmentado. Pegue uma abordagem mais integral de todos os quadrantes, de todos os níveis, dentro e fora. Imagine que você É o mundo que está criando, momento após momento. Imagine que você É o ano, por si mesmo. Agora, agora, e de novo agora, Que tipo de 2014 você quer ser?

Vamos considerar algumas formas de se focar nessa questão. Daniel Goleman, o pai da inteligência emocional, recentemente escreveu sobre Foco, como um norteador de excelência em tudo, de caráter à resultados. Ele distingue duas direções no sistema nervoso, de onde dois tipos de foco emergem. Um é a consciência de cima para baixo, do neo-cortex, que é fluida, livre e aberta. O outro é de baixo para cima, uma atenção cerebral, que é aquela que nos permite diferenciar briga de biga. De nosso trabalho com os quatro padrões de energia do sistema nervoso, aprendemos que essas duas vertentes do "foco" são utilizadas juntas, mas em padrões diferentes. O padrão de foco Visionário é abrangente, periférico, 360 graus, ligando os pontos e sentindo as vibrações. O padrão de foco Condutor é como um raio laser, com incidência reta. O primeiro tipo de foco sugere uma ampla rede que permite que se perceba no que vale à pena se focar individualmente. O segundo tipo dirige intensa energia aos pontos específicos, onde algo pode acontecer.

Entre esses extremos fisiológicos existem outros dois padrões de energia, cada um deles contribuindo para como nós podemos nos focar em "ser 2014". O padrão Organizador pensa em passos e ordem. Ele nos permite discernir o que precisa acontecer antes do que e como ordenar nossos objetivos. O padrão Colaborador foca nas outras pessoas e em como encontrar um ritmo prático para fazê-las caminhar junto. Se você tiver interesse em se aprofundar nesse padrões, assista esse vídeo.

Quando você vivencia os padrões, consegue perceber claramente a transição entre a intensidade do Condutor,  a disciplina do Organizador, o ritmo do Colaborador e a amplitude do Visionário. Talvez você perceba que o jeito que você faz as coisas, quando está dentrod e cada um dos padrões, aparece diferente no mundo. Em outras palavras, o mundo que você cria, muda. Usando essa agilidade de transição entre padrões, considere como você quer ser 2014.

Comece com a grandeza do Visionário. O que é possível? O que importa mais? Para qual propósito você aplicaria sua energia vital? Pegue um papel e rabisque algumas respostas rápidas que aparecem quando você faz perguntas grandiosas. E observe-as, você está olhando agora para uma tela branca. Que tipo de 2013 você foi? O que não aconteceu que agora pode ser possível? Ou, para colocar de uma forma mais unificada e integral: o que você não foi que talvez agora possa ser? O que está pronto para acontecer? Novamente, escreva num papel as resposta que vem à cabeça frente a essas perguntas. E deixe que elas vão embora. Faça algumas respirações profundas e lentas, recoste na cadeira, feche os olhos e se deixe integrar no ambiente inteiro que te cerca. Sinta-se expandindo pelas pelas pontas dos dedos. Sem fazer força para que nada aconteça, permita que "aquilo-que-não-pensei-ainda" apareça na sua cabeça.

Você vai entrar agora no ritmo fluido do Colaborador, vagarosamente balançando na cadeira, e considerando o ritmo prático das possibilidades. O que é um ritmo sustentável para você? O que as pessoas no seu entorno estão preparadas para receber e como você pode fazê-las te acompanhar no processo? Quem estará envolvido? Quem pode ajudar? Com quem você estará se relacionando mais no final de 2014 - indivíduos ou tipologias de pessoas - do que você faz agora? A quem você precisa influenciar? Adicione nomes à suas anotações, e qualquer coisa relativa ao fluxo do tempo.

Agora espere, sente-se ereto, e entre no modo Organizador. Enquanto você olha sua folha de possibilidades, ritmos e pessoas, qual é a ordem natural que aparece? Qual é a primeira coisa que precisa acontecer? A segunda? A última? O que permite que outras coisas aconteçam? Adicione ordem à sua folha. Talvez uma lista, uma tabela, uma linha do tempo, um calendário.

E finalmente, chegue no Condutor, com seus pés empurrando o chão. Sinta a sua atenção se transformando em um foco afiado e se pergunte: qual é a minha primeira tarefa? Quais são as três maiores prioridades? Escreva um objetivo claro, para o qual você dará atenção profunda. Você não precisa atingir todos os objetivos logo de cara - foi por isso que você pensou em ritmo e ordem das coisas. Seu foco Condutor pode voltar às folhas escritas pelos outros padrões, à medida que o ano de 2014 se desenrola para você. E essas anotações podem ser sempre renovadas, quando novas informações surgirem.
 

Esses quatro padrões em você não são somente uma boa forma de focar em uma atividade desafiadora, Eles podem ser companhias constantes, conforme você vai realizando seus objetivos. Combinados, os padrões podem aliviar os excessos uns dos outros. Por exemplo, o Condutor tem uma habilidade penetrante de fazer algo acontecer, mas perde o panorama geral. O Visionário tem o panorama, mas pode ficar viajando e não realizar nada. Ponha-os juntos e você terá o que Goleman identifica como Foco Optimal: consciência livre e fluida com clareza penetrante. Para ver como trabalhar esses padrões em você, tente esse exercício de respiração, do The Zen Leader. O que eu espero que você sinta é o centro Condutor na base do abdômen ancorando a expansividade do Visionário, como um rio vertical de água limpa e corrente.

E então, como você pode ser 2014? Quando você encontra o "você" que encontrou o primeiro objetivo, o objetivo em si é alcançado. Quando você encontra o "você" que faz as atividades descritas nas suas páginas, esses eventos se manifestam no agora. Quando você encontra o "você" que engaja as outras pessoas, essas pessoas se engajam com você no agora. Quando você manifesta a grandeza que chega até você, essa grandeza se transforma no novo agora. Esse exercício do poder da unidade, não é somente imaginação idílica, mas um resgate de quem você é em totalidade, antes de ter sua identidade roubada pelo ego, e ter sido por ele convencido de que você não passa de uma pequena parte do self.

Nós todos sofremos da mesma amnésia. Parecemos ser construídos e desenvolvidos em estágios que insistem que uma parte pequena e relativamente fixa do "eu" está no centro dessa tempestade que chamamos de vida. Mas mude esse prisma - mesmo que seja na sua imaginação - e você começará a ver como você é igualmente o agente transformador quanto o agente transformado. Você é o cenário inteiro. Ou como Walt Whitman colocou: "Eu sou grande. Eu contenho multidões." Mas se isso tudo parece um jeito muito assustador de entrar no novo ano, relaxe. Use sua consciência clara e fluida para prestar atenção, e seja simplesmente 2014, um agora por vez.

Sobre a autora: Dr. Ginny Whitelaw é expert em liderança e mestre Zen na linha Chozen-ji do Rinzai Zen. Ela é autora do "The Zen Leader", presidente do Focus Leadreship e fundadora do Institute for Zen Leadership. Ela também co-desenvolveu o  FEBI - mensura dos quatro padrões de energia da personalidade.
 

Anne Rammi

Artista Plástica de Formação, comunicadora por vocação, cantora nas horas vagas e mãe em tempo integral. É produtora de conteúdo e aprendiz de Eupreendedora na Rede Ubuntu.