Despertar da Consciência em Todos Nós

No final das contas, que diabos estamos fazendo aqui? Por que correr atrás de tudo, todos os dias? Qual o valor das coisas que fazemos frequentemente?

Existem tantas respostas, mas definitivamente uma que respeito é: estamos mesmo aqui para aprender. Existem muitas teorias sobre nossa evolução e considero muito interessante a escrita no belo livro “Sapiens...”, de Yuval Noah Harari. Ele nos conta que o que diferenciou o Homo Sapiens e o fez prevalecer sobre outras espécies do gênero Homo foi uma Revolução Cognitiva, que nos deu maiores capacidades mentais num determinado momento. Depois disso nos juntamos ao redor de diversas histórias em comum e caminhamos até chegar onde estamos.

E daí? Qual grande vantagem tivemos com essa revolução? Bom, como humanos acertamos e erramos sem parar, mas é justo dizer que existem e existiram grandes pessoas que acertaram muito mais do que erraram, que colocaram seus esforços diários em direção a benefícios maiores, para um número maior de pessoas. E uma das coisas que podemos dizer sobre tais pessoas é que possuem uma consciência maior sobre a vida, conseguem enxergar mais distante. Eu, Carlos, e muitas pessoas que conheço também vão atrás exatamente disso. Procuro aprender a ter um olhar mais amplo sobre tudo, colocar minhas virtudes em prática, acertar mais do que errar... enxergar mais longe, seja com minhas amadas filhas, em questões maiores nos lugares onde vivo, mas também no meio do trânsito depois de 45 minutos pisando mais no freio do que no acelerador.

Quando percebemos as possibilidades que uma consciência mais inclusiva nos traz, parece que acordamos de um sonho. Você se lembra de “Matrix”? É isso, parece que acordamos... e para acordar é preciso tão pouco. Neste processo, ajuda muito aprender a meditar e fazer isso todos os dias, também olhar para os nossos maiores incômodos, nossas sombras e trazê-los para nossa consciência, entender o recado de cada um deles. Parece muito? Mas não é... é a prática de novo, um aprendizado que, uma vez integrado à nossa vida, se torna um prazer. Mais do que isso melhora nossa saúde, bem-estar com nós mesmos e todos ao redor. Despertar e crescer, uma bela dupla que podemos estimular todos os dias. Olhar para nós e enxergarmos nossa alma, percebê-la a todo momento e vê-la crescer. Então, fica essa sugestão: aprender a olhar para o melhor lugar do mundo com mais frequência, para dentro de nós mesmos. Trabalhar o resgate de nossa quididade, ou seja, nossas virtudes essenciais, colocá-las em prática! Viver melhor!

 

Facebook Twitter Linkedin+
Profile picture for user Carlos Debs Souto
Carlos Debs Souto
Facilitador e Coach Integral (ICC), com 20 anos de experiência no mundo corporativo. Executivo na área de Pesquisa e Desenvolvimento de grandes corporações como Johnson & Jonhson, Natura e Avon. Gestor de pessoas por mais de 12 anos neste período.